quinta-feira, 17 de julho de 2014

Câncer

Estou apaixonado
Não sei se por uma pessoa especial
Pela vida ou pelo simples fato de viver
Parece que meu coração bombeia sangue sem parar
Com rajadas incessantes
Por todo meu corpo
Meu cérebro fala
Ame sem medo de amar
Espalhe amor porque pega
Mas de repente meu coração cresce sem parar
Quer parecer com coração de mãe
Sempre cabe mais um
Ou mais dois
Ou mais dez
Ou mais mil
Pode ser do tamanho do Brasil
Então este músculo precioso estoura
Foguetes no céu
Quem sabe um dia eu também vire estrela
Morro sem morrer
Morro de paixão
Explode coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário